Semana começa com chuva isolada em Santa Catarina

Semana começa com chuva isolada em Santa Catarina


A última semana do mês de julho começa com previsão de chuva isolada em Santa Catarina. De acordo com a Epagri/Ciram, a segunda-feira (27) terá aumento de nuvens e podem ser registradas chuvas isoladas do Oeste ao Sul do Estado, principalmente em cidades do Planalto Sul e Litoral Sul.

Faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp, acesse aqui!!

Essa condição se deve ao avanço de uma frente fria vinda do Rio Grande do Sul para SC. As temperaturas seguem amenas e mais elevadas em cidades da região Norte.

Confira as mínimas e máximas em algumas cidades de SC:

  • Chapecó: 14°C/23°C
  • Joinville: 15°C/24°C
  • Florianópolis: 15°C/22°C
  • Lages:  10°C/20°C
  • Criciúma: 12°C/23°C
  • Tubarão: 12°C/23°C
  • Itajaí: 15°C/23°C

Tempo segue instável na terça-feira

Ainda de acordo com a Epagri/Ciram, o tempo segue instável e com predomínio de nuvens e chuva em Santa Catarina na terça-feira (28). As precipitações começam pelas regiões Oeste e Sul do Estado e podem atingir as demais ao longo do dia. Isso se deve ao deslocamento de uma frente fria.

E devido a uma massa de ar frio e úmido (de alta pressão) que está avançando pelo Sul do Brasil, as temperaturas ficam em declínio.

Agosto começa com frio e sol

Enquanto o mês de julho termina com o tempo instável, com variação de nuvens e chuva mais frequente em SC, principalmente no Litoral Sul. A tendência, segundo a Epagri/Ciram, é de que a primeira semana de agosto seja marcada por tempo estável e frio, com dias de sol, devido a uma massa de ar frio de origem polar.

Fonte: ND+



Voltar

Comentários




Notícias Relacionadas


Vídeos


Criminoso rouba posto de combustíveis e acaba preso em Lontras

Criminoso rouba posto de combustíveis e acaba preso em Lontras

PRF flagra quase 200 motoristas em excesso de velocidade domingo na BR 470

PRF flagra quase 200 motoristas em excesso de velocidade domingo na BR 470

DNIT aponta que problemas na drenagem fizeram água passar por debaixo da BR 470, em Rio do Sul

DNIT aponta que problemas na drenagem fizeram água passar por debaixo da BR 470, em Rio do Sul