SC tem 4 rodovias estaduais e 7 federais com pontos críticos

SC tem 4 rodovias estaduais e 7 federais com pontos críticos


Onze rodovias de Santa Catarina têm pontos considerados críticos de infraestrutura. Conforme o levantamento do Confederação Nacional de Transporte (CNT) publicado em 15 de janeiro, os trechos têm situações de buracos grandes, erosões na pista, quedas de barreiras e outras ocorrências que totalizam 34 pontos.

Das 11 rodovias citadas no estudo, quatro são federais e sete estaduais. Com mais pontos críticos do estado, a SC-350 soma sete locais com problemas. A rodovia tem início em Alfredo Wagner, na Grande Florianópolis, e segue até Porto União, no Norte.

O número de pontos críticos cresceu em comparação com o ano anterior. Em 2022, o CNT havia mapeado oito rodovias (duas federais e seis estaduais) e 18 locais em situação crítica. Naquele levantamento, a SC-350 também liderava o ranking de locais com problemas, com cinco pontos.

Em relação ao Brasil, o número de problemas em Santa Catarina representa pouco mais de 1% de todas as 2,6 mil situações críticas encontradas em rodovias. O estado teve a 10ª menor densidade de pontos críticos por quilômetro avaliado, com quase um ponto crítico a cada 100 quilômetros.

Em números absolutos, SC teve o 13º melhor resultado em quantidade de pontos críticos identificados. Apesar disso, o levantamento do CNT estimou que sejam necessários R$ 4,88 bilhões de investimentos para resolver os problemas nas rodovias catarinenses.

Segundo a Secretaria de Estado da Infraestrutura (SIE), o programa Estrada Boa, lançado em 2023, irá melhorar a condição de rodovias catarinenses. Segundo o governo, foram 28 obras no ano passado, entre elas a operação tapa buraco na SC-350, que aparece em primeiro lugar no estudo da CNT.

Em relação às estradas federais, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) afirmou que monitora a situação das rodovias do estado e que “o cenário da malha rodoviária catarinense vem melhorando mês a mês”.

Conforme a avaliação do governo federal, em dezembro de 2023, 45% das estradas sob gestão do órgão federal eram classificadas como boa no Índice de Condição da Manutenção (ICM).

Fonte: G1 SC



Voltar

Comentários




Notícias Relacionadas


Vídeos


PM apreende equipamentos de som por perturbação em posto de combustíveis, em Rio do Sul

PM apreende equipamentos de som por perturbação em posto de combustíveis, em Rio do Sul

SOS Rio do Sul arrecadou 239 mil reais em doações para os atingidos pelas enchentes

SOS Rio do Sul arrecadou 239 mil reais em doações para os atingidos pelas enchentes

Suposto acerto de contas deixa um homem morto

Suposto acerto de contas deixa um homem morto