Pouso Redondo segue com medidas mais rígidas para o combate da Covid-19

Pouso Redondo segue com medidas mais rígidas para o combate da Covid-19


Nesta quarta-feira (29), a Prefeitura de Pouso Redondo publicou um novo decreto dispondo sobre prorrogação de medidas sanitárias preventivas que deverão ser adotadas em âmbito municipal, valendo a partir de quinta-feira (30).

Faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp, acesse aqui!!

Deverão permanecer suspensas, pelo prazo de 14 dias, a realização de todo e qualquer evento que implique em aglomeração de pessoas, ficando permitido somente o funcionamento de restaurantes conforme protocolos preestabelecidos.

Fica proibido também quaisquer atividades esportivas coletivas, excluindo-se desta vedação academias e atividades sem contato físico realizadas ao ar livre. Também está proibida a realização de cultos religiosos presenciais.

Os supermercados, mercados e mercearias deverão manter permanentemente a higienização de recipientes (carrinhos e cestas) utilizados para as compras. Em horários de pico, deverão manter o controle de entrada do ambiente, para evitar a aglomeração.

Em todo o território municipal, o uso de máscaras pelos cidadãos é obrigatório.

Todos os estabelecimentos comerciais deverão controlar o acesso ao seu interior a fim de que seja permitida a circulação e permanência de, no máximo, 50% da capacidade total, além de adotar todas as medidas sanitárias preventivas já impostas, inclusive barreiras físicas que facilitem o distanciamento seguro, quando se aplicar.

Restaurantes, pizzarias, lanchonetes, food trucks, bares, pubs, lojas de conveniências dos postos de combustíveis e similares deverão adotar o horário reduzido de funcionamento até às 22h. A modalidade de rodízio fica vedada. Após as 22h, estes estabelecimentos poderão funcionar na modalidade tele-entrega (delivery) ou retirada no balcão (take away).

Caso as autoridades de fiscalização verifiquem o descumprimento das obrigações, deverão primeiramente advertir e orientar os infratores, podendo, em caso de descumprimento, caracterizar infração administrativa, com aplicação de multa de até R$ 253,40, bem como poderá caracterizar infração do art. 268 do Código Penal.

A fiscalização ao cumprimento das normas estabelecidas caberá aos agentes das Polícias Militar e Civil do Município, Corpo de Bombeiros Militar e Vigilância Sanitária Municipal.



Voltar

Comentários




Notícias Relacionadas


Vídeos


PM apreende equipamentos de som por perturbação em posto de combustíveis, em Rio do Sul

PM apreende equipamentos de som por perturbação em posto de combustíveis, em Rio do Sul

SOS Rio do Sul arrecadou 239 mil reais em doações para os atingidos pelas enchentes

SOS Rio do Sul arrecadou 239 mil reais em doações para os atingidos pelas enchentes

Suposto acerto de contas deixa um homem morto

Suposto acerto de contas deixa um homem morto