Polícia Militar acaba com festa em Taió

Polícia Militar acaba com festa em Taió


A Polícia Militar de Taió foi acionada para atender uma ocorrência de perturbação de sossego alheio na noite desta quinta-feira (09/07). Chegando ao local foi possível ouvir som alto, gritaria e conversas altas. O som vinha de uma casa pequena na Rua Otto Hadlich, no Bairro Universitário. As informações são do Portal Educadora.

+ Faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp, acesse aqui!!

Mesmo com portas e janelas fechadas, o som era de fato tão alto que os participantes da festa não ouviram o som da sirene da viatura que foi disparada diversas vezes para alertar os mesmos. Uma vez de que o alerta não foi ouvido, se fez necessário adentrar na varanda da residência e bater nas paredes para chamar a atenção (na porta da casa havia um cachorro amarrado).

Foi então que A. L. S. se apresentou como responsável pela residência e comunicou à PM de que de fato haviam pessoas participando da festa. A polícia solicitou que todos saíssem da casa para contagem do quantitativo de pessoas. Ao todo haviam sete participantes, todos sem máscara e em um espaço pequeno, sem ventilação. A polícia orientou A. L. S. de que deveriam permanecer na residência apenas os moradores, quanto aos demais deveriam voltar aos seus respectivos lares.

Diante dos fatos, a PM lavrou Termo Circunstanciado em desfavor do proprietário do local pelo crime de perturbação de trabalho ou sossego alheio e por descumprir o decreto estadual de prevenção à Covid-19. 

A. L. S. assumiu o compromisso de comparecer ao Juizado Especial Criminal (JECrim) de Taió quando for intimado. Logo após foi registrado o Boletim de Ocorrência, orientadas as partes e liberado o local.



Voltar

Comentários




Notícias Relacionadas


Vídeos


PM apreende equipamentos de som por perturbação em posto de combustíveis, em Rio do Sul

PM apreende equipamentos de som por perturbação em posto de combustíveis, em Rio do Sul

SOS Rio do Sul arrecadou 239 mil reais em doações para os atingidos pelas enchentes

SOS Rio do Sul arrecadou 239 mil reais em doações para os atingidos pelas enchentes

Suposto acerto de contas deixa um homem morto

Suposto acerto de contas deixa um homem morto