Polícia investiga morte de saletense em incêndio

Polícia investiga morte de saletense em incêndio


Um incêndio em um alojamento para vendedores de picolé, no bairro Meia Praia, em Navegantes, no começo da madrugada de ontem, terminou com um trabalhador morto. Testemunhas contaram que o fogo começou no quarto onde estava a vítima, Marcos Pivato, 34 anos, que morreu carbonizado.

+ Faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp, acesse aqui!!

Segundo a polícia Civil, no local funciona uma fábrica de picolé e a casa era usada como alojamento para os vendedores. Outras 10 pessoas estavam no local, mas escaparam antes que o incêndio se alastrasse. Duas vítimas tiveram que ser conduzidas ao hospital por terem inalado fumaça, mas sem gravidade.

Quando os bombeiros chegaram no local o fogo já tinha consumido o imóvel. Para controlar o incêndio foram necessários 5 mil litros de água, não há relatos de como as chamas teriam iniciado. O Corpo de Bombeiros Militar atendeu a ocorrência  e de acordo com relatos divulgados, as chamas iniciaram no quarto, onde 10 pessoas conseguiram escapar.

Uma investigação para apurar a causa do incêndio foi aberta. O corpo de Marcos ficou carbonizado e foi encaminhado para o IML para o processo de reconhecimento. A confirmação da identidade será feita através da arcada dentária.



Voltar

Comentários




Notícias Relacionadas


Vídeos


Santa Catarina registra 30 municípios afetados pelas chuvas e sete em situação de emergência

Santa Catarina registra 30 municípios afetados pelas chuvas e sete em situação de emergência

Santa Catarina atingiu a marca 21 prefeitos eleitos presos por corrupção

Santa Catarina atingiu a marca 21 prefeitos eleitos presos por corrupção

Moradores do Alto Vale recebem prêmios da TrimaniaCap

Moradores do Alto Vale recebem prêmios da TrimaniaCap