Pastor Joede Moraes de Taió afirma: “Aos nossos olhos, isso soa como perseguição religiosa”

Pastor Joede Moraes de Taió afirma: “Aos nossos olhos, isso soa como perseguição religiosa”


Desde o início da pandemia em Santa Catarina as igrejas fecharam pela primeira vez no mês de março e, permaneceram sem a realização de qualquer tipo de culto presencial durante um mês. No dia 20 de abril o Governo do Estado liberou a reabertura dos templos com uma série de restrições.

+ Faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp, acesse aqui!!

Na última semana, nova recomendação, desta vez pela coordenadoria da Comissão Intergestores Regional de Saúde do Alto Vale do Itajaí, que determinou em reunião conjunta com os municípios algumas medidas prorrogadas e outras que entraram novamente em vigor na segunda-feira (27/07) em toda a região. Entre essas medidas, esteve novamente a proibição de cultos presenciais, com o objetivo de barrar o crescimento no número de casos positivos para a Covid-19, segundo o conselho.

O Pastor Joede Moraes, Presidente da Assembleia de Deus de Taió conversou com a equipe da Rede Web TV sobre o assunto. Segundo ele, membros do conselho de pastores de Taió buscaram esclarecimentos no que diz respeito ao fechamento dos templos religiosos, mas não conseguiram reverter o quadro.

“É bem complexo termos outros segmentos abertos e ver a igreja com as portas fechadas. Aos nossos olhos e, digo em nome dos pastores do Alto Vale, isso soa como perseguição religiosa, já que só nossas portas se fecharam. A igreja com seu trabalho assistencial e espiritual, está sofrendo com isso. Não vemos isso como benefício à sociedade”, desabafa Joede.

Apesar da restrição os cultos podem ser acompanhados online, através das lives da redes sociais de cada denominação. O pastor finaliza informando que o retorno dos cultos presenciais, pode acontecer nas próximas semanas.



Voltar

Comentários




Notícias Relacionadas


Vídeos


Santa Catarina registra 30 municípios afetados pelas chuvas e sete em situação de emergência

Santa Catarina registra 30 municípios afetados pelas chuvas e sete em situação de emergência

Santa Catarina atingiu a marca 21 prefeitos eleitos presos por corrupção

Santa Catarina atingiu a marca 21 prefeitos eleitos presos por corrupção

Moradores do Alto Vale recebem prêmios da TrimaniaCap

Moradores do Alto Vale recebem prêmios da TrimaniaCap