Novo cadastramento para saque do FGTS para atingidos pela enchente será aberto em Rio do Sul

Novo cadastramento para saque do FGTS para atingidos pela enchente será aberto em Rio do Sul


A prefeitura de Rio do Sul lançou em seu portal oficial – www.riodosul.sc.gov.br, novo cadastro para pessoas atingidas pelas enchentes entre outubro e novembro de 2023, para que estas possam requerer o saque do FGTS, nos moldes do programa para Desastres Naturais (Calamidade 19L) da Caixa.

O preenchimento ficará disponível até o dia 2 de fevereiro e as informações serão inseridas no sistema da Caixa para posterior verificação de documentos e possível liberação do saldo, com limite de R$ 6.220,00, de acordo com o saldo do trabalhador.

Esta nova fase de cadastros visa atender solicitações de moradores que alegam ter perdido o prazo criado no final de 2023 por conta da dificuldade de acesso ao site do município e documentos no período logo após as enchentes.

A solicitação e o direito a fazer o saque está autorizado apenas para o cidadão que comprovadamente foi atingido pelas enchentes. Isso vale para casa atingida pela água, mas não se enquadra, por exemplo, para pessoas que tem a moradia em um pavimento que não foi inundado, como em apartamentos acima da cota de 13,04 metros, que foi o ápice da enchente neste mês de novembro.

Os cadastrados terão até o dia 29 de fevereiro para solicitação do saque calamidade do FGTS. Isso só poderá ser feito para as pessoas que já se cadastraram ou vão fazer o registro nesta nova etapa no final de janeiro, início de fevereiro.

As informações devem ser preenchidas apenas uma vez no formulário disponível pela prefeitura. Quem preencheu em outubro e novembro e eventualmente teve o benefício negado, pode novamente fazer o registro, desde que tenha sido atingido diretamente pela enchente. É importante que o cidadão preencha com atenção as informações, principalmente os dados pessoais e o endereço, que precisa ser o mesmo que consta em comprovante de residência, que deverá ser anexado ao protocolo do pedido em um segundo momento, no aplicativo para celular FGTS.

O morador precisa ter comprovante de residência do período de 19 de julho a 16 de novembro de 2023, ou seja, antes da homologação do decreto de Estado de Calamidade Pública por parte do Governo Federal pela enchente de novembro. É fundamental que o comprovante de residência esteja no nome da pessoa que requer o saque do FGTS e que ele seja exatamente igual ao preenchido no formulário.

Acesse o formulário: www.riodosul.sc.gov.br



Voltar

Comentários




Notícias Relacionadas


Vídeos


Com o objetivo de ampliar a ostensividade policial e prevenir crimes, PM continua operação em condom

Com o objetivo de ampliar a ostensividade policial e prevenir crimes, PM continua operação em condom

BOM DIA ALTO VALE – 22/07/2024

BOM DIA ALTO VALE – 22/07/2024

MOMENTO DE FÉ – 22/07/2024

MOMENTO DE FÉ – 22/07/2024