Mulher faz ‘X’ na mão e homem acaba preso por violência doméstica no Alto Vale

Mulher faz ‘X’ na mão e homem acaba preso por violência doméstica no Alto Vale


Uma vítima de violência doméstica simulou fazer a letra ‘X’ em um das mãos para pedir ajuda aos policiais militares de Ituporanga, no Alto Vale do Itajaí. Criada em junho deste ano, a Campanha Sinal Vermelho incentiva que mulheres que estejam em perigo façam um x na palma da mão ou em um pedaço de papel usando batom ou qualquer outro material. A ideia é que elas mostrem o x a atendentes de farmácias participantes da ação para que possam receber ajuda. As informações são do NSC.

+ Faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp, acesse aqui!!

+ Inscreva-se no nosso canal do Youtube, acesse aqui!!!

O primeiro fruto da mobilização no estado, porém, ocorreu dentro do próprio lar da vítima. Conforme informações da PM, no sábado (4), os agentes foram acionados para uma possível situação de violência doméstica. Chegando ao local, ouviram os gritos da moradora e bateram à porta. Um homem abriu e, enquanto tentava dispensar as autoridades, a esposa dele, com sangue no rosto, fez, com o dedo, um gesto de x na palma da outra mão. Os policiais entenderam a mensagem e prenderam o agressor em flagrante.

A campanha foi criada pelo Conselho Nacional de Justiça e pela Associação dos Magistrados Brasileiros. Mais de 30 empresas do ramo farmacêutico que atuam em Santa Catarina já se cadastraram e colaram cartazes nos estabelecimentos para sinalizar que as mulheres podem pedir ajuda ao atendente. Ao notar o x na mão da cliente ou em algum papel, o profissional deve acionar a PM.

A desembargadora Salete Sommariva, da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cevid), enviou mensagem à corporação após tomar conhecimento do primeiro caso registrado da campanha:

“Aproveito a oportunidade para estender meus cumprimentos e gratidão aos policiais que atenderam a ocorrência, pela sensibilidade em reconhecer o sinal vermelho durante o atendimento, ainda que fora dos padrões previstos para a campanha e fora do local (farmácias) e, ainda assim, terem dado o atendimento prioritário e terem tido o cuidado de relatar tal situação”, escreveu.

Estabelecimentos participantes da Campanha Sinal Vermelho

*Dados de junho

– Kefarma (Lagoa – Florianópolis)

– Drogaria Catarinense e Preço Popular, com 294 unidades no Estado

– Farmácia Santa Catarina (Mafra)

– Usifarma Capivari (Capivari de Baixo)

– Farmácia Oxford (São Bento do Sul)

– Farmácia Ritorna (Biguaçu)

– Sesi Farmácias

– Farmácia Vera Cruz (Tubarão)

– Farmácia Brasil Poupa Lar (Costeira – Florianópolis)

– SB Comercial (Itajaí)

– AM Comércio de Medicamentos (Camboriú)

– Farmácia Mais Popular (Itapema)

– Farmácia Qualifar (Balneário Camboriú)

– Farma Sete (Blumenau)

– Drogaria e Farmácia Tateline (Balneário Camboriú)

– R Plus Comércio Varejista (Porto União)

– Farmanova (Rio dos Cedros e Timbó)

Como participar

Qualquer estabelecimento pode participar da campanha. Basta entrar em contato com a Cevid pelo e-mail [email protected] para assinar o termo de adesão. Assim que assinado o termo, é feita a remessa do material de capacitação e treinamento.



Voltar

Comentários




Notícias Relacionadas


Vídeos


Com o objetivo de ampliar a ostensividade policial e prevenir crimes, PM continua operação em condom

Com o objetivo de ampliar a ostensividade policial e prevenir crimes, PM continua operação em condom

BOM DIA ALTO VALE – 22/07/2024

BOM DIA ALTO VALE – 22/07/2024

MOMENTO DE FÉ – 22/07/2024

MOMENTO DE FÉ – 22/07/2024