Ministério Público recomenda que prefeito de Itajaí não use ozonioterapia para tratar Covid-19

Ministério Público recomenda que prefeito de Itajaí não use ozonioterapia para tratar Covid-19


O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) encaminhou na tarde desta terça-feira (4) uma recomendação para que o prefeito de Itajaí, no Vale, Volnei Morastoni (MDB), não use ozônio no tratamento do coronavírus. O documento foi emitido após o prefeito afirmar que pretende adotar a aplicação de ozônio por via retal como medida de tratamento contra a Covid-19 em pacientes confirmados e com sintomas. A cientista Natalia Pasternak e outros especialistas ouvidos pelo G1 rechaçam o uso.

+ Faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp, acesse aqui!!

“O Ministério Público recomenda a Vossa Excelência que se abstenha de disponibilizar, no âmbito do Município de Itajaí, a prática da ozonioterapia como forma de tratamento medicamentoso em eventuais diagnósticos de Covid-19”, informa o documento.

No documento da 13ª Promotoria de Justiça da Comarca de Itajaí, o promotor Maury Roberto Viviani considera notas técnicas e apontamentos de diferentes entidades médicas sobre a falta de comprovação científica da técnica e o risco à população.

“O efeito da ozonioterapia em humanos infectados por coronavírus (Sars-Cov-2) é desconhecido e não deve ser recomendado como prática clínica ou fora do contexto de estudos clínicos desconhecido e não deve ser recomendado como prática clínica ou fora do contexto de estudos clínicos”, destaca o promotor na recomendação a partir de uma nota técnica do Ministério da Saúde.

O procedimento integra uma noticia de fato instaurada nesta terça-feira após o anúncio feito pelo prefeito do uso de ozônio via retal. O promotor ainda alerta para as consequências legais caso a recomendação não seja acatada e dá prazo de 24 horas para resposta.

A Prefeitura informou que recebeu a recomendação do MPSC, mas que a ação municipal não visa distribuir o tratamento e sim participar de uma pesquisa nacional da Associação Brasileira de Ozonioterapia (Aboz) para avaliar a técnica entre pacientes com coronavírus.

A técnica da ozonioterapia foi mencionado pelo prefeito de Itajaí, que é médico, em uma transmissão ao vivo realizada em uma rede social oficial da administração municipal. Segundo a prefeitura, não há confirmação se a pesquisa será realizada na cidade e quando começaria.

Fonte: G1



Voltar

Comentários




Notícias Relacionadas


Vídeos


Estado anuncia data para início da dragagem do Rio Itajaí Açu, no Alto Vale

Estado anuncia data para início da dragagem do Rio Itajaí Açu, no Alto Vale

Ministério Público obtém liminar que suspende processos seletivos em Presidente Getúlio

Ministério Público obtém liminar que suspende processos seletivos em Presidente Getúlio

Estabelecimento comercial é alvo de assalto em Rio do Sul

Estabelecimento comercial é alvo de assalto em Rio do Sul