Governo exige declaração de biosseguridade em granjas avícolas

Governo exige declaração de biosseguridade em granjas avícolas


A Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa) exige que todos os agricultores que possuem granjas avícolas no estado de Goiás declarem a biosseguridade de seus plantéis até o dia 31 de janeiro. A medida visa mitigar o risco de introdução da Influenza Aviária de Alta Patogenicidade (gripe aviária) em Goiás.

A declaração deve ser preenchida por um médico veterinário ou pelo próprio produtor rural e deve conter informações sobre as medidas de biosseguridade adotadas na granja, como a construção das instalações, a limpeza e desinfecção, e a proteção contra a entrada de animais silvestres.

Em caso de não cumprimento da exigência, os responsáveis técnicos pela biosseguridade das granjas e estabelecimentos comerciais avícolas poderão responder por falta ética, conforme prevê o Código de Ética do médico veterinário. Já os estabelecimentos poderão sofrer bloqueio no registro cadastral, resultando na proibição da emissão de Guia de Trânsito Animal (GTA).



Voltar

Comentários




Notícias Relacionadas


Vídeos


📺Programa Gente da Nossa Terra📺 (03/03/2024)

📺Programa Gente da Nossa Terra📺 (03/03/2024)

Após prejuízos no plantio causados pela enchente, colheita do arroz pode superar as expectativas

Após prejuízos no plantio causados pela enchente, colheita do arroz pode superar as expectativas

✅Programa Nossas Belezas✅ (02/02/2024)

✅Programa Nossas Belezas✅ (02/02/2024)