Estudo do aponta que isolamento social evitou cerca de 52% das mortes por Covid-19 em SC

Estudo do aponta que isolamento social evitou cerca de 52% das mortes por Covid-19 em SC


Um estudo feito pelo Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE/SC) sobre a Covid-19 aponta que o isolamento social foi capaz de reduzir em 52,7% o número de mortes. O documento finalizado no dia 3 de julho serve para embasar gestores na tomada de decisões relacionadas à pandemia. As informações são do OCP News

Faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp, acesse aqui!!

De acordo com o TCE/SC, o estudo avaliou dados coletados até o dia 24 de junho, quando o Estado registrava 20.921 casos e já havia um viés de alta nos números. O índice foi puxado para cima pelas medidas mais restritivas adotadas na Grande Florianópolis e ações na região Sul.

O relatório do Tribunal de Contas de Santa Catarina também aponta que quase 70% dos registros de casos feitos pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) constam como pacientes sintomáticos.

O tempo médio de internação por Covid-19 em UTIs (Unidades de Tratamento Intensivo) de Santa Catarina é de 12,84 dias. Os números apontam que 6,08% dos casos confirmados levaram à internação e 1,96% das pessoas infectadas necessitaram de UTI.

“Nosso objetivo tem sido o de abastecer os gestores públicos com informações que possam auxiliá-los a tomar decisões estratégicas relacionadas ao controle da pandemia”, explica o conselheiro Luiz Eduardo Cherem, coordenador da Câmara Técnica que acompanha a situação da Covid-19 dentro do TCE/SC e ex-secretário da Saúde em Santa Catarina.

Para o auditor fiscal de controle externo Silvio Bhering Sallum, autor do estudo, Santa Catarina, de uma forma geral, obteve resultados relativamente eficazes até agora por ter adotado medidas restritivas nos primeiros dias de registro da epidemia no país.

“O que apresentamos é uma avaliação da eficácia das políticas públicas no controle da curva de contágio e o reforço de que gestores e cidadãos precisam participar do debate técnico a que o estudo se propõe a manter”, afirma Sallum, que desenvolve o trabalho em parceria com o professor-doutor Francis Petterini, da UFSC.



Voltar

Comentários




Notícias Relacionadas


Vídeos


📺Programa Gente da Nossa Terra📺 (03/03/2024)

📺Programa Gente da Nossa Terra📺 (03/03/2024)

Após prejuízos no plantio causados pela enchente, colheita do arroz pode superar as expectativas

Após prejuízos no plantio causados pela enchente, colheita do arroz pode superar as expectativas

✅Programa Nossas Belezas✅ (02/02/2024)

✅Programa Nossas Belezas✅ (02/02/2024)