Defesa Civil confirma microexplosão em cidade de SC

Defesa Civil confirma microexplosão em cidade de SC


Na tarde da última segunda-feira, dia 29, por volta das 17h20min, uma intensa célula de tempestade provocou um temporal que por sua vez, ocasionou uma microexplosão na Praia do Capri em São Francisco do Sul, no litoral Norte catarinense.

A rajada máxima registrada pela estação meteorológica instalada no município de Itapoá (município mais próximo com dados de vento), foi de 53 km/h às 17h00, mas pela estimativa de velocidade do vento pelo produto Cappi (V) do radar do Vale, as rajadas superaram os 80 km/h.

Foram registradas ocorrências associadas a queda de árvores em vias públicas e danos em um clube da cidade, que foi destruído pelo vento.

Através das imagens de diferentes produtos do radar de Lontras, foi possível observar a formação e intensificação da célula de tempestade sobre a região da Praia do Capri.

Houve um decaimento rápido do VIL, de 30 mm para 9 mm, comumente observado em episódios de microexplosão. Diante das análises dos registros dos estragos in loco e das estimativas dos produtos do radar do Vale, a equipe de meteorologia da SDC/SC ratificou a ocorrência de uma microexplosão na cidade de São Francisco do Sul por volta das 17h20min da tarde de segunda-feira, dia 29.

Defesa Civil de SC ressalta alguns cuidados que devem ser tomados em caso de temporais com alagamentos e ventos fortes, como buscar um local abrigado, longe de janelas, árvores, placas, postes de energia e de outros objetos que possam ser arremessados, desligar os aparelhos da tomada, não trafegar em ruas, pontes e pontilhões alagados ou submersos pela água, e prestar maior atenção em crianças próximas de rios e ribeirões.



Voltar

Comentários




Notícias Relacionadas


Vídeos


Criminoso rouba posto de combustíveis e acaba preso em Lontras

Criminoso rouba posto de combustíveis e acaba preso em Lontras

PRF flagra quase 200 motoristas em excesso de velocidade domingo na BR 470

PRF flagra quase 200 motoristas em excesso de velocidade domingo na BR 470

DNIT aponta que problemas na drenagem fizeram água passar por debaixo da BR 470, em Rio do Sul

DNIT aponta que problemas na drenagem fizeram água passar por debaixo da BR 470, em Rio do Sul